Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2007

Poema - Tormenta...

(do meu livro «Sonhando acordada»)

 

barcovelacast.gifAndo à deriva como se um furacão

me revolvesse um mar, no coração,

e as vagas açoitassem sentimentos.

Se o meu barquinho encontrasse mar-chão...

É um pesadelo que recusa terminar;

e, sem saber que fazer para acordar...

não tendo onde aportar, passo tormentos.

-----------------------

12/2001

Laura B. Martins

Soc. Port. Autores nº 20958

publicado por LauraBM às 00:22
link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito
 O que é?
1 comentário:
De regina a 22 de Agosto de 2007 às 21:53
Ola meu anjo, todo ser tem o mesmo valor que nós seres, não é pq somos racionais, que somos diferentes. Todos animalzinhos, cachorro tem o direito de viver e bem. Mundo Animal luta por isso.


Comentar post

*veja como eu sou

*subscrever feeds

*meter o nariz no blog

 

*Novidades no blog

* Poema - Alentejo e girass...

* Poema - Margem Sul

* Poema - Quinta do Anjo

* Poema - Patriotismo!

* Poema - Remorso!

* Poema - Encontro na marqu...

* Poema - Faca afiada

* Poema - Lar... doce lar!

* Poema - Difícil...

* Poema - Queres sair?

* Poema - Admirável mundo n...

* Poema - Meu universo rest...

* Ginástica? Não, obrigada...

* Poema - Zero horas

* Poema - Dispersos

*Antiguidades óptimas

*Também gostará de:

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*Links especiais dos Blogs da minha autoria

blogs SAPO