Sábado, 10 de Janeiro de 2009

Poema - Do meu jeito...

(do meu livro "Ao correr da pena") margaridas_brs.3.gif

 

Mais do que um livro escrevi;

e em versos, o que vivi,

no meu jeito indiferente

fui contando, a toda a gente.

 

Mais de mil flores semeei,

não tem conta o que plantei:

couves, arbustos e salsa

dançaram comigo a valsa

do dia a dia encantado,

que às vezes parece um fado,

outras, violinos de rei.

 

Um dia, descansarei.

Se é curta a vida, não sei!

Cuidei dos meus animais,

por outros, lutei demais...!

Tive os filhos que podia...

Fiz os livros que devia...

Árvores? Mais, plantarei!

-------------------

2/05/2002

Laura B. Martins

Soc. Port. Autores nº 20958

publicado por LauraBM às 00:36
link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito
 O que é?

*veja como eu sou

*subscrever feeds

*meter o nariz no blog

 

*Novidades no blog

* Poema - Alentejo e girass...

* Poema - Margem Sul

* Poema - Quinta do Anjo

* Poema - Patriotismo!

* Poema - Remorso!

* Poema - Encontro na marqu...

* Poema - Faca afiada

* Poema - Lar... doce lar!

* Poema - Difícil...

* Poema - Queres sair?

* Poema - Admirável mundo n...

* Poema - Meu universo rest...

* Ginástica? Não, obrigada...

* Poema - Zero horas

* Poema - Dispersos

*Antiguidades óptimas

*Também gostará de:

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*Links especiais dos Blogs da minha autoria

blogs SAPO