Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2001

Poema - Aquilo!

(do meu livro «Pensamentos»)

?

Ai, mas que grande chatice!

Que grande complicação!

Andas sempre atrás de mim

e eu sem te querer dar

AQUILO que as outras dão.

 

Estás sempre a ver se me apanhas

e me jogas num colchão.

Oh! Homem! Vai-te matar!

Há muito quem queira dar

AQUILO que eu não dou, não!

 

AQUILO, em ti se adivinha.

da camiseta ao calção.

Desde o vestido à calcinha,

eu até faço strip-tease

na tua imaginação.

 

Sentindo esse olhar escaldante

tirando a minha roupinha,

do casaco até à bota,

eu fico nua, em pelota,

com AQUILO nuazinha.

 

Tu não pensas noutra coisa,

confranges-me o coração.

Eu gosto do meu sossego;

quanto mais tu queres AQUILO

mais eu guardo o 'meu segredo'.

 

Eu soube, muito por alto,

que as conquistas do teu rol

se vêm acumulando;

AQUILO contabilizando

e já parece um lençol.

 

AQUILO, é conta pra ti.

Esse amor eu não concebo.

Nada tenho pra te dar,

pára de me chatear.

De amor ... isso, é um arremedo!

 

Andas a ver se me caças,

pra fazer o gosto ao dedo.

Estás a ver se me conquistas,

as jogadas 'tão previstas,

AQUILO não me dá medo.

 

Eu contigo não passeio.

E à noite, não vou sair.

Fujo do apartamento,

carro, motel, um tormento:

D'AQUILO eu quero fugir!

 

'Não sabes ver sem mexer'.

espanhol é este ditado.

AQUILO está nos teus olhos.

«Vê lá se está sossegado,

que há para aí 'disso' aos molhos!»

 

Disfarço, olhando pra rua.

Já vens pegando na mão.

Tu és bem insinuante,

se me descuido um instante,

AQUILO é a solução!

 

--------------------------

3/2001

Laura B. Martins

Soc. Port. Autores nº 20958

publicado por LauraBM às 00:51
link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito
 O que é?

*veja como eu sou

*subscrever feeds

*meter o nariz no blog

 

*Novidades no blog

* Poema - Alentejo e girass...

* Poema - Margem Sul

* Poema - Quinta do Anjo

* Poema - Patriotismo!

* Poema - Remorso!

* Poema - Encontro na marqu...

* Poema - Faca afiada

* Poema - Lar... doce lar!

* Poema - Difícil...

* Poema - Queres sair?

* Poema - Admirável mundo n...

* Poema - Meu universo rest...

* Ginástica? Não, obrigada...

* Poema - Zero horas

* Poema - Dispersos

*Antiguidades óptimas

*Também gostará de:

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*Links especiais dos Blogs da minha autoria

blogs SAPO