Quinta-feira, 10 de Fevereiro de 2000

Poema - ARTE... no abstracto!

(do meu livro «Pensamentos»)

span style=

Todo o artista é meio louco. Todos têm seu saber.

Tendes cada um o vosso. O meu, saber escrever!

 

Escrever, toda a gente sabe; menos o analfabeto

que às vezes também diz versos, sem os passar ao concreto.

 

Concreto, abstracto, palavras, todas sem significado.

Colhidas durante a vida que se assemelha a um fado.

 

Fado, é tristeza! E a Arte? O artista sofredor

põe mais garra no trabalho; melhor consegue se expor.

 

Expor a sua Arte ao mundo. Mundo sem entendimento.

No poeta, a sua Arte... passa pelo sentimento.

 

Sentimento, ilusões, dor; é a Arte que nos foge.

É poema-desamor, do ontem igual a hoje.

 

Hoje, é que eu entendo a Arte! Hoje, entendo o seu poder.

Eu já tinha enlouquecido, não fora escrever e ler.

 

Ler poesias do alheio, manifestações da Arte;

no concreto ou no abstracto, aqui e em toda a parte.

 

Parte do mundo onde vivo, estou sempre buscando o céu;

pra redimir os pecados, dum pseudo-poeta: - Eu!

 

Eu! Escrevo todos os dias. Espécie de punição.

São palavras que eu obrigo, a sair do coração!

---------------------------

11/2000

Laura B. Martins

Soc. Port. Autores nº 20958 

publicado por LauraBM às 22:18
link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito
 O que é?

*veja como eu sou

*subscrever feeds

*meter o nariz no blog

 

*Novidades no blog

* Poema - Alentejo e girass...

* Poema - Margem Sul

* Poema - Quinta do Anjo

* Poema - Patriotismo!

* Poema - Remorso!

* Poema - Encontro na marqu...

* Poema - Faca afiada

* Poema - Lar... doce lar!

* Poema - Difícil...

* Poema - Queres sair?

* Poema - Admirável mundo n...

* Poema - Meu universo rest...

* Ginástica? Não, obrigada...

* Poema - Zero horas

* Poema - Dispersos

*Antiguidades óptimas

*Também gostará de:

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*Links especiais dos Blogs da minha autoria

blogs SAPO