Sábado, 10 de Junho de 2000

Poema - Computador & Cª., Ilimitada

(do meu livro «Divagando»)

 

Estas rimas, são a injusta homenagem

àqueles que não fizeram sondagem;
julgando comprar só o COMPUTADOR, 

acabaram tendo... grande dissabor!

----------------------

Comprei um COMPUTADOR! E prò bicho desgraçado,
também comprei uma MESA, deixei-o bem arrumado.

Depois, foi uma CADEIRA, logo um ANTI-REFLECTOR;
para poupar os meus olhos a tanto brilho e fulgor.

Pra descarregar no ferro, (trazia junto um fiozinho);
a electricidade estática, diz que faz mal ao corpinho!...

Arredei móveis, tapetes, coloquei lá, num cantinho,
o bicho e os acompanhantes; enfim, lá lhe fiz um "ninho".

Dei-lhe um RATO pra brincar, pra ver se estava calado.
E o RATO exigiu TAPETE, e nele foi colocado!...

O safado é cheio de fios; tem a corrente ligada.
Acho que se o tratar mal, me mata electrocutada!

Todo ligado à corrente, com ar técnico e virtual.
Dá-me um choque e, de repente, vou parar ao hospital.

Está sempre a piscar pra mim, às cores, iluminado.
Vou mas é apanhar sol. Vou teclar para outro lado.

Também comprei APARELHO, prò maldito funcionar,
sem que lhe falte a corrente e a fome o possa estragar.

Mas descontente, o danado, pra minha grande arrelia,
exigiu MULHER... AMIGOS... Sofria de nostalgia!

Comprei-lhe, então, a IMPRESSORA. Disse-lhe pra ter recato.
Mas, ela come PAPEL... E o PAPEL, não é barato!

E à refeição quer beber... Quer vinho de boa pinta...
E lá vou eu a correr... Comprar tinteiro... de TINTA!

SCANNER se chama, afinal, o amigo que lhe arranjei.
Pra dar-lhe almoço e jantar Já tudo fotografei!

E DISQUETES e  DISQUINHOS... Rol de amigos sem findar.
Pra tê-los arrumadinhos, CAIXAS, tive que comprar.

O tempo, agora não chega. E assim vivo, arreliada.
O escritório mais pequeno... e ainda estou depenada!
----------------------------

7/2000

Laura B. Martins

Soc. Port. Autores nº 20958

publicado por LauraBM às 15:28
link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito
 O que é?

*veja como eu sou

*subscrever feeds

*meter o nariz no blog

 

*Novidades no blog

* Poema - Alentejo e girass...

* Poema - Margem Sul

* Poema - Quinta do Anjo

* Poema - Patriotismo!

* Poema - Remorso!

* Poema - Encontro na marqu...

* Poema - Faca afiada

* Poema - Lar... doce lar!

* Poema - Difícil...

* Poema - Queres sair?

* Poema - Admirável mundo n...

* Poema - Meu universo rest...

* Ginástica? Não, obrigada...

* Poema - Zero horas

* Poema - Dispersos

*Antiguidades óptimas

*Também gostará de:

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*Links especiais dos Blogs da minha autoria

blogs SAPO