Sexta-feira, 10 de Março de 2000

Poema - ARTISTA em ponto pequeno

(do meu livro «DIVAGANDO»)

 

Tenho alma de boémia,
nesta vida peregrina.
Às vezes, bem lá no fundo;
E outras, bem ao de cima.

Considero-me uma artista.
Tenho orgulho, em minhas mãos.
O tempo, curou feridas...
Mentes sãs, em corpos sãos!

De unhas curtas ou compridas,
mais ou menos arranjadas,
podem ser mãos de princesa,
podem ser mãos de criada.

A alma dita-me os versos
e as mãos, sempre a trabalhar,
colocam-nos no papel
para alguém apreciar.

Meus amigos, adoraram,
esta poesia simplista.
Poesia dar ao mundo
quem diria? SOU ARTISTA!!!
--------------------------
6/2000

Laura B. Martins
Soc. Port. Autores nº 20958
publicado por LauraBM às 01:37
link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito
 O que é?

*veja como eu sou

*subscrever feeds

*meter o nariz no blog

 

*Novidades no blog

* Poema - Alentejo e girass...

* Poema - Margem Sul

* Poema - Quinta do Anjo

* Poema - Patriotismo!

* Poema - Remorso!

* Poema - Encontro na marqu...

* Poema - Faca afiada

* Poema - Lar... doce lar!

* Poema - Difícil...

* Poema - Queres sair?

* Poema - Admirável mundo n...

* Poema - Meu universo rest...

* Ginástica? Não, obrigada...

* Poema - Zero horas

* Poema - Dispersos

*Antiguidades óptimas

*Também gostará de:

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*Links especiais dos Blogs da minha autoria

blogs SAPO