Segunda-feira, 5 de Abril de 2010

Poema - Virtual - amigo perdido

(do meu livro "Histórias dos Amigos")
amigo_verdadeiro.jpg

 


No mundo não sabemos que fazer. Na vida não sabemos como agir.

Falando, deitamos tudo a perder. Calando, é como estar a fingir.

 

Perdi o meu amigo virtual. Claramente falei; e não gostou.

Apontei-lhe um erro fenomenal no seu poema, e ele desandou.

 

Eu vou contar a história e pedir, a quem ler isto, se responder-me possa,

que diga se devemos engolir quando um amigo é motivo de troça.

 

Escreveu ele um poema, assaz jocoso, desses de fazer rir, que não tem mal;

e, porque é um poeta virtuoso, doeu-me aquele engano colossal.

 

Rimou, ele, a palavra Kumasatra que não existe, (mas um erro qualquer faz),

com o verso «sair pela culatra». Se houvesse tal palavra... era capaz!

 

Logo escrevi, apontando-lhe o defeito; e disse, Kamasutra, dever ser.

Brincando, acrescentei, não haver jeito por ser rima difícil de fazer.

 

Amofinou-se o homem, não gostou. Julgando-se infalível, respondeu

que não ligava a 'isso', nem ligou. Foi-se no éter. Nunca mais ele escreveu.

 

Perante tamanha desfaçatez, ao ver a amizade reverter,

eu rezo: Ó Deus, (que lá do alto tudo vês), manda-me só amigos pra valer!

 

Está pendurado, numa placa de madeira, este poema, para eu não esmorecer

no são cultivo d'amizade verdadeira; mandando «às favas» quem me quer aborrecer.

------------------------------

5/03/2003

Laura B. Martins

Soc. Port. Autores nº 20958

publicado por LauraBM às 01:35
link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito
 O que é?
1 comentário:
De Paulo a 16 de Janeiro de 2007 às 22:26
Há quem só olhe para o seu umbigo, quem assim é não é muito bom amigo. Paciência.


Comentar post

*veja como eu sou

*subscrever feeds

*meter o nariz no blog

 

*Novidades no blog

* Poema - Alentejo e girass...

* Poema - Margem Sul

* Poema - Quinta do Anjo

* Poema - Patriotismo!

* Poema - Remorso!

* Poema - Encontro na marqu...

* Poema - Faca afiada

* Poema - Lar... doce lar!

* Poema - Difícil...

* Poema - Queres sair?

* Poema - Admirável mundo n...

* Poema - Meu universo rest...

* Ginástica? Não, obrigada...

* Poema - Zero horas

* Poema - Dispersos

*Antiguidades óptimas

*Também gostará de:

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*Links especiais dos Blogs da minha autoria

blogs SAPO