Quarta-feira, 20 de Setembro de 2006

Poema - Requiem...

(do meu livro «Amigos»)



REQUIEM... por um amigo!

(Estou mais pobre)
urna_pretalilas.jpg

Entro na sacristia e vejo, atrás,
encoberto por corpos que se movem,
deitado, lá no fundo, aquele homem
que entre rendas e sedas, ali jaz.

Corpos de negro... Trouxeram amizade
de quem, último olhar embevecido
deita ao amigo que parte, enfim vencido,
e de guardar-lhe o rosto tem vontade.

Olho-te... e ali fico estarrecida.
Não quero acreditar que nos deixaste!
Acabou-se-te a tortura da vida...

Em menos de um ano, tanto penaste...
E aguardo o teu abraço... convencida,
que vai ser como sempre me abraçaste.
-----------------------------
11/11/2001
Laura B. Martins
Soc. Port. Autores nº 20958

publicado por LauraBM às 22:54
link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito
 O que é?

*veja como eu sou

*subscrever feeds

*meter o nariz no blog

 

*Novidades no blog

* Poema - Alentejo e girass...

* Poema - Margem Sul

* Poema - Quinta do Anjo

* Poema - Patriotismo!

* Poema - Remorso!

* Poema - Encontro na marqu...

* Poema - Faca afiada

* Poema - Lar... doce lar!

* Poema - Difícil...

* Poema - Queres sair?

* Poema - Admirável mundo n...

* Poema - Meu universo rest...

* Ginástica? Não, obrigada...

* Poema - Zero horas

* Poema - Dispersos

*Antiguidades óptimas

*Também gostará de:

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*Links especiais dos Blogs da minha autoria

blogs SAPO