Sábado, 20 de Março de 2010

Poema - Quando acordei...

(do meu livro <Meu mundo 'cá dentro'>)

 

À minha volta há beleza e motivo pra cantar.

Será reflexo de ver simples flores, ao acordar?

 

Nos ouvidos, os acordes da mais bela melodia:

passarinhos a cantar, anunciando que é dia.

 

No corredor mia o gato. Também quer experimentar

a beleza deste dia; quer ir correr e saltar.

 

O cão toca nos brinquedos, música desafinada.

Para mim, é como opereta bonita e bem ensaiada.

 

Se em tudo eu vejo beleza, música, flores e perfume,

porque existe tanta gente que em tudo só vê negrume?

 

São horas de levantar, tocar o barco a bom porto!

Estou feliz! Não como alguém que: «Quando acordou, estava morto»!

 

---------------------------

1/10/2001

Laura B. Martins

Soc. Port. Autores nº 20958

publicado por LauraBM às 16:22
link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito
 O que é?

*veja como eu sou

*subscrever feeds

*meter o nariz no blog

 

*Novidades no blog

* Poema - Alentejo e girass...

* Poema - Margem Sul

* Poema - Quinta do Anjo

* Poema - Patriotismo!

* Poema - Remorso!

* Poema - Encontro na marqu...

* Poema - Faca afiada

* Poema - Lar... doce lar!

* Poema - Difícil...

* Poema - Queres sair?

* Poema - Admirável mundo n...

* Poema - Meu universo rest...

* Ginástica? Não, obrigada...

* Poema - Zero horas

* Poema - Dispersos

*Antiguidades óptimas

*Também gostará de:

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*Links especiais dos Blogs da minha autoria

blogs SAPO