Sábado, 19 de Junho de 2010

Poema - Dispersos

(do meu livro <Meu mundo 'cá dentro'>)

 

 

Acho que a minha cabeça pode estar mal regulada.

Às vezes, sai rima à beça; e outras, não me sai nada.

 

Com toda a minha energia, eu bem que puxo e repuxo.

A cabeça está vazia... em vez de rimar... Embucho!

 

Tenho o quintal pra regar. As camisas não passei.

Vai ver, de tanto pensar... as mão também baralhei.

 

Ia regar o jardim... esqueci. Fui cortar as couves.

Queria rimar para ti!... Mas tu também não me ouves!!!

 

O cão queria enaltecer. Ao gato queria cantar.

A cabeça sem render... não sei... parou de pensar!

 

Belas flores no meu jardim! Vou fazer-lhes um poema.

Penso, penso e vejo, enfim, encontro-me num dilema!

 

Da minha casa-utopia, vou fazer-lhes um relato.

Sofrerei de miopia? Estou a pensar no abstracto!

 

Uma avezinha que pia... queria eu  fazer uns versos.

Sinto, com grande arrelia, os pensamentos dispersos.

 

Oh! Poetisa falhada! De rimas, só ameaças.

Com a ideia embrulhada... de poemas, só negaças.

 

-----------------------------

6/10/2001

Laura B. Martins

Soc. Port. Autores nº 20958

publicado por LauraBM às 21:38
link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito
 O que é?

*veja como eu sou

*subscrever feeds

*meter o nariz no blog

 

*Novidades no blog

* Poema - Alentejo e girass...

* Poema - Margem Sul

* Poema - Quinta do Anjo

* Poema - Patriotismo!

* Poema - Remorso!

* Poema - Encontro na marqu...

* Poema - Faca afiada

* Poema - Lar... doce lar!

* Poema - Difícil...

* Poema - Queres sair?

* Poema - Admirável mundo n...

* Poema - Meu universo rest...

* Ginástica? Não, obrigada...

* Poema - Zero horas

* Poema - Dispersos

*Antiguidades óptimas

*Também gostará de:

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*Links especiais dos Blogs da minha autoria

blogs SAPO