Sábado, 20 de Janeiro de 2007

Poema - Diz lá, coração!

(do meu livro «Sonhando acordada»)
   Diz lá, coração!   

Conta-me tudo e verei se tens razão

nessa defesa, que insistes em tentar.

 

   Diz lá, coração!  

Fala comigo! Olha, toma a minha mão

e aperta. Vamos os dois conversar.

 

   Diz lá, coração!   

Há tantos anos, no meu peito, qual pensão...

Tenho direitos sobre ti, e sei escutar.

 

   Diz lá, coração!   

Desabafa! Todos temos um senão!

Pra Deus, existe o verbo perdoar!

 

   Diz lá, coração!  

Deixaste-te cair em tentação

e amaste, para além do verbo amar?

 

   Escuta, coração!  

Os dois, temos a forças da razão.

A alma ainda podemos salvar!

 

 

 

1/10/2002

Laura B. Martins
Soc. Port. Autores n.º 20958

publicado por LauraBM às 22:49
link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito
 O que é?

*veja como eu sou

*subscrever feeds

*meter o nariz no blog

 

*Novidades no blog

* Poema - Alentejo e girass...

* Poema - Margem Sul

* Poema - Quinta do Anjo

* Poema - Patriotismo!

* Poema - Remorso!

* Poema - Encontro na marqu...

* Poema - Faca afiada

* Poema - Lar... doce lar!

* Poema - Difícil...

* Poema - Queres sair?

* Poema - Admirável mundo n...

* Poema - Meu universo rest...

* Ginástica? Não, obrigada...

* Poema - Zero horas

* Poema - Dispersos

*Antiguidades óptimas

*Também gostará de:

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*Links especiais dos Blogs da minha autoria

blogs SAPO