Domingo, 10 de Fevereiro de 2002

Poema - Janela da marquise

( Meu livro do « Meu Universo ")
 

 

A janela da marquise dá prò quintal dos vizinhos

e o meu quintal, nas traseiras.
Dela eu consigo enxergar, paisagem de mil maneiras. 

Meu vizinho fez a casa, lá longe ... e pôs entre nós,

(mui bem cuidado pelo dono) 
pomar que muda de tom, Primavera, Verão, Outono!

Ainda falta o Inverno: sem folhas, ramos cortados,

é quando as árvores erguidas,
me fazem escrever rimados, pensando nelas floridas.

Outros vizinhos também, construíram moradia

à esquerda deste pomar,
aonde cresce, sadia, criança, a rir e a saltar.

Tem atrás num bom alpendre grande piscina amarela
uma coisa de insuflar: 

de plástico, bem singela, daquelas de encher com ar.


E lá dentro, a criancinha, brinca na água morninha

de tanto sol apanhar,

nua, de bóia à cintura, com um balde, a chapinhar.


À direita, tenho a casa que o meu vizinho constrói.
Porque o dinheiro não sobra,

a pouco e pouco lá vai, tentando acabar a obra.

Mas, já tem um bom jardim: laranjeira, limoeiro,
morangos, diospireiro ...

cacto que dá flores vermelhas que valem p’lo ano inteiro.

 

Nós, aqui, somos assim! E eu, sempre disse pra mim:

- Gostamos todos de terra.
Se toda a gente cavasse... acabava-se co´a guerra!

Mas abaixo, no gaveto, "adega" que se transforma

em "boîte", com luz às cores,

São vizinhos divertidos, gente que gosta de flores.

Convidaram-me a espreitar. Nesse dia, por azar,

não tive dúvida alguma;
mas não podia dançar, não tinha festa nenhuma.

A "boîte" estava fechada! Era o tempo das vindimas!

Como "adega", é diferente:

Põe-se a uva engarrafada pra dar de beber à gente!

Assim é, minha marquise, clarinha e bem arejada, 

cinco metros de janelas.
Ficam no canto da casa, vejo tudo pra além delas! 

Só falei das três da frente. As que dão pra uns canteiros

são as que ficam de lado.
Vêm-se as bilhas do gaz, e o grelhador... do assado!
--------------------------------
10/2000
Laura B. Martins

Soc. Port. Autores nº 20958

publicado por LauraBM às 23:29
link do post | E custa, comentar neste blog? | favorito
 O que é?

*veja como eu sou

*subscrever feeds

*meter o nariz no blog

 

*Novidades no blog

* Poema - Alentejo e girass...

* Poema - Margem Sul

* Poema - Quinta do Anjo

* Poema - Patriotismo!

* Poema - Remorso!

* Poema - Encontro na marqu...

* Poema - Faca afiada

* Poema - Lar... doce lar!

* Poema - Difícil...

* Poema - Queres sair?

* Poema - Admirável mundo n...

* Poema - Meu universo rest...

* Ginástica? Não, obrigada...

* Poema - Zero horas

* Poema - Dispersos

*Antiguidades óptimas

*Também gostará de:

* 10 blogs para conhecer no...

* Sua presença basta

* Poema - Mais vale guardar...

*Links especiais dos Blogs da minha autoria

blogs SAPO